top of page
  • Foto do escritorBruno Pauletti

O que é investimento seed e como ele funciona em uma startup?

Atualizado: 13 de dez. de 2022

Quando uma startup está em seus primeiros momentos de vida, é fundamental que ela consiga os recursos que precisa para se desenvolver. Ou seja, é o momento de se voltar para a busca por investimento seed.


Uma das principais características das startups é poder se desenvolver de forma rápida a partir de uma ideia inovadora. Essa inovação é viabilizada a partir do investimento de pessoas que enxergam o seu potencial já em seus estágios iniciais de vida.


Ao entender o que é investimento seed e quais as principais formas de conquistá-lo, será possível começar a concretizar a ideia de uma empresa. No entanto, isso requer um bom planejamento para contar com a abordagem adequada.


Que tal conhecer mais sobre investimento seed? A seguir, conheça os principais detalhes sobre esse conceito para potencializar o seu negócio.


O que é investimento seed?


o que e investimento seed


Investimento seed é o termo utilizado para se referir a um tipo de financiamento direcionado a startups. Ele tem como origem investidores privados em troca de uma participação nas ações da empresa ou nos lucros de um produto.


Em geral, ele é obtido a partir de uma apresentação objetiva da ideia da startup ou de um novo produto. O nome é uma referência à palavra "semente" em inglês, já que é obtida por um negócio ainda em seus primeiros estágios de vida.



A conquista de investimento seed é um dos estágios de financiamento que precisam ser buscados por uma startup para se consolidar como negócio. Afinal, é comum que esse tipo de empresa não conte com os recursos que precisa nesse início, sendo necessário contar com o aporte de terceiros.


O principal objetivo, logo após abrir uma startup, é atrair mais financiamento. A partir de uma boa rodada de investimento seed, é possível investir o suficiente em sua ideia inovadora para ganhar mais atenção de potenciais investidores com algo concreto.


Quais as diferenças entre investimento anjo, pré-seed e seed?


diferenças entre investimento anjo pre seed e seed
Quais são as características de cada um desses tipos de investimento e como eles se comparam com o investimento seed

O termo investimento seed costuma ser visto juntamente com outros, como é o caso de investimento anjo e pré-seed. Apesar disso, não representam os mesmos conceitos e possuem diferenças que precisam ser compreendidas por quem se envolve com o financiamento de startups.


A seguir, entenda quais são as características de cada um desses tipos de investimento e como eles se comparam com o investimento seed.


Investimento anjo


Um investimento anjo vem de investidores conhecidos por esse nome, cujo principal papel é emprestar ou investir em empresas que estão em seus primeiros estágios de desenvolvimento.


Eles geralmente têm um grande volume de capital e podem se associar à empresa a partir do interesse na proposta dela ou por algum vínculo com os fundadores.



Além disso, pode ser que o investidor anjo adote um papel mais ativo ao ajudar e orientar a empresa em seus primeiros passos a partir de sua experiência no ramo. Dependendo do valor investido, ele pode ser simplesmente alguém que empresta dinheiro ou alguém com participação na empresa.


A principal diferença entre investimento seed e anjo é que esse segundo não faz parte da primeira rodada de financiamento de uma startup. Além disso, investidores anjo costumam ser mais especializados no setor do que aqueles por trás de capital seed.


Investimento pré-seed


Como o próprio nome já adianta, um investimento pré-seed ocorre antes da etapa de rodada de financiamento seed em si. É durante esse estágio em que investidores oferecem capital às startups para começar a desenvolver seus produtos em troca de participação na empresa.


Ou seja, o investimento pré-seed geralmente envolve investir em uma ideia em vez de algo concreto, já que os produtos normalmente ainda não puderam ser fabricados e as empresas podem não ter nada além de um protótipo ou um MVP (traduzindo do inglês, Mínimo Produto Viável) rodando em alguns clientes mais próximos.


Sendo a primeira rodada oficial de financiamento, o momento do investimento pré-seed costuma envolver investimentos mais formais e pode proporcionar um crescimento substancial e necessário para a empresa em seus primeiros estágios de vida.


Como obter captação de investimento seed para a startup?


Como obter captação de investimento
Você certamente precisará conversar com muitos investidores para conseguir o capital necessário

Tendo em vista a importância do investimento seed para o desenvolvimento de uma startup em seu início, é importante se preparar muito bem para que esse processo ocorra de forma produtiva. Ou seja, você precisa saber como conquistar o capital que precisa por meio desse método.


Abaixo, veja quais são os passos fundamentais para obter captação de investimento seed para a startup.


Comece na hora certa


O primeiro passo que você deve seguir para obter investimento seed para a sua startup envolve entender se ela realmente está no estágio certo para isso. Afinal, trata-se de um momento decisivo e transformador para o negócio que exige total preparação da sua parte.


Para começar, considere se você tem abertura para ceder parte do controle da sua empresa a terceiros. Além disso, é a hora de pensar se o que você tem a oferecer realmente conseguiria atender às expectativas de possíveis investidores.


Isso significa ter uma análise de mercado competente, desenvolver um protótipo e ter um time integrado e preparado para essa etapa do processo.


Determine o quanto você precisa


Os investidores não costumam trabalhar apenas com estimativas abrangentes, sendo necessário especificar exatamente quanto a sua startup precisa nessa sua etapa de desenvolvimento. Então, você precisa determinar o quanto está buscando com o seu investimento seed.


No mundo ideal, você receberia o suficiente para alcançar lucratividade. No entanto, dependendo da sua área de atuação, isso pode ser mais difícil ou mais fácil. Uma maneira simples de calcular quanto financiamento você precisa é determinar quantos meses de operação você deseja financiar.


Como parte dos números que alimentarão a sua proposta, também é importante determinar o retorno estimado a partir da obtenção do investimento que você está buscando.


Crie uma lista de possíveis investidores


Você certamente precisará conversar com muitos investidores para conseguir o capital necessário, então é recomendado construir uma lista para organizar essa etapa. Uma maneira bem fácil de otimizar esse estágio é construir um pipeline de vendas.


Comece identificando investidores que se encaixam no perfil de investidor ideal e os inclua no seu pipeline. Em seguida, pontue cada um deles com base em importância e probabilidade de investir em você.


Essa também é a oportunidade de registrar o máximo de informações possível a respeito desses leads para convertê-los em investidores. Afinal, os dados certos poderão fazer toda a diferença na sua abordagem.


Prepare a sua abordagem


Se o seu objetivo é conquistar investimento seed, você não pode abordar potenciais investidores de mãos vazias. Em vez disso, é preciso apresentar algo de concreto para eles enxergarem o potencial real da sua startup.


Comece elaborando uma boa proposta de negócio com um resumo da sua proposta e os diferenciais da sua ideia. Concentre-se em destacar quais problemas são solucionados pelo seu produto e qual o seu público-alvo.


Esse também é o momento de obter números atrativos para a rodada de investimentos, como projeções financeiras. Lembre-se também de destacar cada marco planejado para o futuro.


Marque reuniões


Tendo finalizado o processo de preparação da sua proposta, chega o momento de voltar para o seu pipeline e começar a abordar possíveis investidores para a sua startup. Cada pessoa é diferente, então não existe uma única regra de ouro a ser seguida.


No entanto, é possível se preparar para minimizar as chances de erros. Por exemplo, certifique-se de ajustar a sua abordagem para as características específicas de cada investidor. Além disso, certifique-se de que a apresentação do seu produto é compreensível.


Por fim, é sempre importante encontrar um equilíbrio entre confiança e humildade. Você quer mostrar que acredita na sua ideia, mas tome cuidado para não parecer arrogante.


Como funciona uma rodada de investimento seed?


como funciona uma rodada de investimento
O investimento seed pode funcionar em um modelo em que o investidor oferece recursos à empresa em troca de uma participação no negócio.

Para que seja possível conquistar os recursos que a sua startup necessita para se desenvolver, vale a pena entender como funciona o processo de investimento seed. Uma rodada de investimento requer algumas definições da sua parte e a devida adaptação do seu negócio.


Quer saber mais? A seguir, destacamos os principais conceitos que você precisa compreender antes de iniciar uma rodada de investimento seed.


Definindo investimento e participação


O investimento seed pode funcionar em um modelo em que o investidor oferece recursos à empresa em troca de uma participação no negócio. No entanto, escolher sempre esse modelo pode significar ter cada vez menos controle sobre a sua própria empresa.


Antes de iniciar uma rodada de investimento seed, estabeleça se você tem disposição para esse modelo de participação ou se prefere optar por empréstimos tradicionais. Porém, lembre-se de que é cada vez mais difícil decidir por esse segundo modelo conforme os valores ficam mais altos.


Encontrando fontes de investimento


Parte da sua rodada de investimento seed envolve a busca pelas fontes de recursos que você precisa. Esse capital pode vir de todas as fontes, como investidores anjos, fundos de investimento, crowdfunding e até amigos e familiares.


Além disso, também é comum que fundadores de startups invistam seu próprio dinheiro em seus negócios como forma de manter total controle sobre eles.


Preparando-se para as próximas rodadas


O investimento seed é apenas um dos primeiros estágios de busca por recursos para uma startup que está em sua infância. Depois dele, existem outras rodadas que exigem o seu preparo para que sempre seja possível alcançar os seus objetivos.


Depois que a startup conquista o mercado e lança seus produtos, ela pode começar uma rodada de investimentos chamada de Série A. Nela, é comum que os valores investidos fiquem entre R$ 2 e 20 milhões, tendo como foco alcançar novos mercados e ampliar o modelo de negócios.


Depois da Série A, existem outras rodadas de investimento chamadas de Série B e Série C. Em cada uma delas, a startup viabiliza um próximo estágio de crescimento e consegue gerar mais retorno para os seus investidores.


Quais são os principais fundos de investimento seed do Brasil?


principais fundos de investimento seed
Bruno Pauletti da Equity Rio


Tendo em vista tudo o que você já aprendeu até aqui sobre investimento seed, resta conhecer quais empresas são capazes de ajudar a sua startup nesse trabalho. Afinal, consultar fundos de investimento é uma ótima forma de se conectar com potenciais investidores.


A seguir, nós separamos quais são os principais fundos de investimento seed do Brasil para você se planejar.


Bossanova


A Bossanova Investimentos trabalha com investimento seed, mentorias e conexões para viabilizar negócios de diferentes áreas. Ela costuma trabalhar com empresas da área de tecnologia com investimentos seed e pré-seed do modelo B2B.


Ela possui algumas exigências para realizar aportes, como a startup já ter seu PSF e ter seu faturamento próximo ao break-even.


Valor Capital Group


O Valor Capital Group possui escritórios em São Paulo e Nova York, trabalhando com investimento em startups nacionais que tenham potencial de alcançar sucesso internacional, com foco específico nos Estados Unidos.


Entre as empresas que receberam aporte da Valor Capital Group estão as startups Gympass, Loft, Stone e Olist.


Canary


A Canary tem pouco tempo de atividade no Brasil, mas já construiu um portfólio com grande volume de startups brasileiras. Um dos principais negócios a receberem aporte da Canary é a Loft, startup de empreendimentos imobiliários.


Um do diferenciais da Canary é a possibilidade de obter investimento seed para segmentos bem diferentes, que vão desde o meio da agricultura até o entretenimento. Além disso, a empresa já investiu em mais de cem empresas.


Equity Rio


Com a Equity Rio, a startup poderá contar com a abordagem certa para o seu tipo de negócio. A empresa é especializada em investimento pré-seed e anjo, tendo um processo que avalia a viabilidade do negócio de ponta a ponta.


Além disso, a Equity Rio trabalha possui planos voltados para pitches de áreas específicas, como fintechs, healthtechs, agro & foodtech, além de possibilitar o contato direto com seus co-founders para orientações práticas.


Como você pôde ver até aqui, o estágio do investimento seed é bastante importante para a viabilização de um negócio. No entanto, é algo que requer cautela para se desenvolver um planejamento de qualidade para fazer abordagens de qualidade junto a potenciais investidores. Então, aproveite as informações destacadas acima para saber como fazer isso.


Que tal começar a dar esse passo para a sua startup? Envie seu deck para nós e agende sua apresentação.


Se você é investidor, não deixe de ler nosso artigo Equity o que é: riscos e vantagens de investir.


437 visualizações
bottom of page