top of page
  • Foto do escritorBruno Pauletti

Entenda o que é investimento Pré-Seed e maximize suas chances de acertar em cheio

Atualizado: 18 de mai. de 2023

O que é investimento Pré-seed? Como funciona? Qual sua diferença com o investimento anjo e quais são os requisitos?


O ano de 2022 encerrou com recorde no setor de startups.


Em 2021, o aumento chegou a 200% no volume aportado nos novos negócios brasileiros. É verdade que no primeiro semestre de 2022 houve uma queda em virtude da inflação (tanto global quanto local), da alta nas taxas de juros e da crise econômica.



Os primeiros meses de 2023 trouxeram movimentos interessantes para o ecossistema de startups em pré-seed.


pre seed 2023


Esses dados são muito animadores tanto para os donos de startups, que desejam receber aporte financeiro, quanto para os investidores, que buscam onde investir para obter os melhores retornos.


Mas, para isso, é preciso dominar os estágios de Venture Capital, ou Capital Empreendedor.


Entre eles está o pré-seed, fundamental para que a startup consiga recursos suficientes para colocar em prática seu produto ou serviço, conquistando o mercado e garantindo bons resultados para os investidores.


Assim, se você já criou, abriu e conquistou investimento anjo, está na hora de você entender como funciona o próximo passo: o investimento pré-seed.



O que são rodadas de investimentos?


Antes de mais nada, precisamos entender bem o que são rodadas de investimentos.


Basicamente, elas são a principal forma de as startups obterem recursos para acelerar o seu crescimento.


Nelas, os empreendedores apresentam seus projetos para investidores que, após uma análise, decidem se disponibilizam capital com a condição de obterem uma parcela acionária no novo negócio.


É importante esclarecer que não se trata de um empréstimo, que o valor aplicado será devolvido mais tarde, mas, sim, de um investimento com o objetivo de participar dos ganhos futuros da startup.


Então, tais aportes são feitos de acordo com o grau de maturidade e risco. Outro ponto importante é que quanto mais novo é o negócio, menor é a rodada.


Desse modo, há 5 tipos principais de rodadas de investimentos, sendo que nos estágios mais avançados elas passam a ser chamadas como “séries” e seus nomes seguem a ordem alfabética — série A, série B, série C e assim por diante.


Elas estão diretamente relacionadas as fases de uma startup: quais são e suas diferenças, que você pode ler na sequência.



Então, o que é investimento Pré-Seed?


pré seed investimento

Como falamos anteriormente, há vários tipos de rodadas de investimentos.


Assim, o investimento Pré-seed é um dos iniciais, ou seja, indicado ara projetos ainda iniciantes e que ainda estão em busca de recursos para validar um modelo de negócio.


Em outras palavras, ele é feito para que a startup consiga desenvolver seu MVP (Minimum Viable Produtc). Logo, a aposta é feita principalmente na ideia dos fundadores da startup e menos em indicadores ou dados concretos.


Logo, na escada de investimentos, é uma rodada pós Investimento Anjo e por ser uma aposta mais inicial, não tem valores determinados, mas costuma variar entre R$ 100 mil e R$ 500 mil.


A partir do momento em que o aporte é feito, a startup pode investir em melhorias no projeto do MVP e tem mais condições de elaborar um pitch com mais informações sobre o potencial do negócio. Vale lembrar que na fase do Investimento Pré-seed, a empresa ainda não lançou no mercado nenhum produto ou serviço, apenas apresentou a ideia ou modelo de negócio.


É comum que esse tipo de investimento seja feito por fontes mais informais, geralmente pessoas físicas, como parentes, amigos ou colegas de profissão. No entanto, o mais recomendado é procurar uma empresa especializada em Pré-seed.



Qual a diferença entre Investimento Anjo e Pré-seed?


pré seed startup




Como você viu no primeiro tópico, o Investimento Anjo e o Pré-seed são rodadas diferentes de investimentos feitos em uma startup.


Temos a publicação o que é investimento anjo e qual é o momento de buscar um para a sua startup? como referência para você ler e se aprofundar.


O Investimento Anjo é o primeiro tipo de aporte e normalmente é feito por profissionais que, além de fornecer recursos financeiros, também contribui com seu conhecimento, experiência e rede de relacionamentos.


Por esse motivo, também é chamado de smart-money e normalmente tem uma participação minoritária no negócio. Além disso, não tem posição executiva na empresa, atuando apenas como mentor ou conselheiro.


Antes do Investimento Anjo, o capital injetado no negócio vem do próprio fundador da startup ou de familiares e amigos próximos — prática conhecida como bootstrapping. Em seguida, vem o Investimento Anjo e o próximo passo é o Pré-seed, cujo conceito já conhecemos.


Pré-seed para startup: como conseguir?


Nós comentamos que em muitos casos são pessoas próximas e colegas de trabalho que fazem esse tipo de aporte.


No entanto, a melhor solução é procurar uma empresa especializada em Investimento Pré-seed, como nós da Equity Rio: Investimento Anjo e Pré-Seed para Startups do Brasil.


Isso porque, além de poder contar com um investimento mais robusto, a startup também poderá receber ajuda para subir os degraus e avançar nas rodadas de investimentos.


Para isso, é feita uma validação do time da startup, analisando quão qualificados e preparados técnica, emocional e mercadologicamente estão os membros.


Em seguida, é verificado qual é o tamanho da dor e do mercado que a ideia pretende atacar. Por fim, é preciso examinar a tecnologia e o produto, entendendo o estágio e a escalabilidade, além do financeiro para chegar nas métricas desejadas.



Quais são os requisitos do Investimento Pré-seed?



Como o Investimento Pré-seed leva em consideração a ideia do fundador, isto é, a proposta de produto ou serviço, é fundamental que a ideia seja realmente inovadora e que de fato supra uma demanda do mercado. Afinal, como o investidor está aplicando seu dinheiro, ele espera receber uma boa lucratividade.


Por isso, eles dão preferência a negócios inovadores, que façam parte de um mercado com significativo potencial de crescimento de alta rentabilidade. Ou seja, de negócios escaláveis.


Então, é preciso caprichar no pitch deck, que é uma apresentação rápida, objetiva e clara da solução oferecida pela startup. É a partir desse documento que a empresa especializada em Pré-seed decidirá se investe ou não nesse novo negócio.


Você pode utilizar nosso template clicando aqui.


Portanto, o Investimento Pré-seed é fundamental para que uma startup consiga se estruturar e entrar no mercado, avançando nas rodadas e conquistando cada vez mais espaço.


Vale também a leitura completa do material o que é investimento seed e como ele funciona em uma startup, disponível em nosso blog.


Se você tem uma ideia inovadora e precisa de recursos financeiros, envie seu deck para nós/ Nós da EquityRio vamos analisar com atenção todas as informações e agendaremos uma conversa com você e seus sócios.


2.668 visualizações
bottom of page